Blog

Tips da stylist: meia arrastão


Quem imaginaria que a meia-calça arrastão iria voltar para a moda, hein? Essa recente onda anos 90 trouxe várias tendências dessas que a gente não achava que voltariam, como as chokers e as flatforms. E já que a arrastão voltou, é importante aprender um pouquinho mais sobre ela e entender as melhores formas de usar.

Antes da onda da arrastão nos 90’s – época na qual ela era usada super colorida, em looks estilo “saí da academia”, com moletom cropped, calças justas e polainas – ela foi muito usada pelas produções góticas e fetichistas dos anos 80. Quando pensávamos em arrastão, pensávamos num look pesado, roqueiro, com muito preto e cheio de atitude.

Entretanto, em 2017, esse tipo de meia voltou como um truque de styling super moderno, democrático e totalmente cool. Uma prova disso é o grande número de famosas e fashionistas que, cada vez mais, tem adotado essa peça em suas produções.
A maior aposta dessas influencers do meio da moda é usar a meia por baixo de jeans, principalmente se ele for bem rasgado e de cintura não tão alta. Assim, a arrastão pode aparecer mais alta do que a calça, na cintura, mostrando o umbigo. Normalmente esse visual é completado por uma blusa cropped e, se necessário, uma parka ou casaco oversized, dando um ar bem low profile mesmo – talvez, até um pouco grunge.

Agora, se você prefere a maneira mais “convencional”, opte por usar a meia por baixo de shorts e saias, principalmente as jeans, que deixam com um visual 90’s bem bacana. E para quem ainda prefere uma pegada mais punk, se jogue no preto, vinho, veludo e muito couro! Para aquelas que querem apostar na tendência de uma maneira mais sutil, invista nas meias curtinhas, tipo soquete.